Ajude

Menu Ajude

Homenagem aos voluntários

11/09/2017 IMG-20170908-WA0010

Dando continuidade às homenagens que o Solar fará aos seus queridos e imprescindíveis voluntários, no mês de setembro, nossa amiga homenageada é a Janaina. Ela atua há mais de um ano com o grupo de jovens mães da comunidade.

A Janaina aceitou responder algumas perguntas:

Nome completo?
Janaina Nolasco Gama.

Como conheceu o Solar?
Eu participava das atividades do Lar Paulo de Tarso e lá conheci o Solar.

Há quanto tempo atua como voluntária no Solar?
Há pouco mais de um ano.

Em que área atua?
Atuo com o grupo de Jovens Mães, ou melhor, Jovens Famílias, já que agora temos um pai participando!

Como você se sente trabalhando no Solar?
Feliz. Já queria realizar o trabalho voluntário há algum tempo e tomei a decisão após a morte do meu pai. Achando que, no trabalho voluntário, eu iria ajudar as pessoas, quem recebeu a ajuda fui  eu. Deparei-me com histórias de vida e com uma realidade, apesar de estarmos bem perto geograficamente – moro na Sá Ferreira, totalmente diferente da minha. Passei a dar ainda mais valor à minha família, à água quente quando chego em casa cansada, ao jantar de todo dia. Resumindo, além de ser feliz, sou muito grata a todos que me acolheram no Solar e, principalmente, às jovens mães.

O que acha do trabalho realizado pelo Solar?
Acho um trabalho exemplar. A educação abre portas em qualquer lugar, faz com que tenhamos uma postura crítica diante do mundo, buscando soluções criativas diante das adversidades. O conhecimento dá-nos liberdade, porque permite com que tenhamos contato com inúmeros conteúdos. A educação espírita dá-nos a base moral para lidar com os duros dilemas de uma sociedade que propaga o egoísmo, o individualismo e as conquistas materiais. E o trabalho voluntário vem acrescentar ainda mais relevância a esse amoroso trabalho.

Acha que o Solar influencia a vida das pessoas? Caso sim, de que forma?
O amor muda a vida das pessoas. A educação muda a vida das pessoas. O Solar, com sua educação amorosa, muda por completo a vida dos alunos, de suas famílias e também, nossa, dos voluntários. O Solar amplia as possibilidades de vida de várias crianças e adolescentes com aulas dadas por professores qualificados. E essa educação, vale destacar, é bem holística, porque inclui artes plásticas, música, etc. São estimuladas a criatividade, a sensibilidade, etc. As atividades envolvem as famílias, base importante para o desenvolvimento cognitivo e afetivo dos alunos. Enfim, é uma educação, como realmente dita na divulgação, integral e para libertar.

Qual é a característica do Solar que você mais aprecia? 
O aconchego. Sinto como se fizesse parte de uma grande família. E sinto que isso acontece porque estão todos vão para as atividades carregados de amor para compartilhar.

Tem alguma história bacana sua com as jovens mães para nos contar?
Então, algo que me chamou atenção e sempre compartilho isso com quem deseja fazer o trabalho voluntário: a mudança de postura delas diante dos problemas no dia a dia. Volta e meia, sempre há alguém que diz que, diante de uma discussão ou algo mais sério, respira fundo ou faz uma prece, atitudes que antes não faziam. Sempre que ouço esses depoimentos, fico feliz por estar compartilhando essa mudança, essa reforma íntima, que a doutrina tanto nos ensina. E quanto desse conhecimento elas acabam passando para os companheiros e filhos. E como percebem que a vida se torna mais leve.

Janaina, o Solar Meninos de Luz agradece imensamente pelo amor e dedicação que você proporciona às nossas jovens famílias! É um orgulho para nós termos você como voluntária!

Voltar às notícias